O que é um node?

Esse artigo foi copiado do Drupal-BR. Todos os créditos pertencem ao seu devido autor: aleagi.
Link original: http://goo.gl/jifLu

Uma das coisas mais importantes para quem está entrando no mundo do Drupal é se adaptar aos novos conceitos gerados por ele, tais como taxonomia e node.

Mas afinal, o que é node?

Node é uma palavra que teve origem na segunda metade do século XVI (1565–75; < L n?dus knot), de origem inglesa, significa basicamente nó. Isso mesmo, um nó.

Nó no sentido de ser um ponto único, porém, acessível de vários outros lugares, como os nós da malha de uma rede. Não confundir com "nó", no sentido figurado de problema, coisa de difícil solução... @:)

Entretanto, particularmente, prefiro manter a expressão original em inglês, node, ao invés de nó, mas, podemos utilizar tanto uma quanto a outra (dispensando a tradução corretíssima de nodo do latim nodus como sinônimo de nódulo, mais utilizado em termos anatômicos.

Pois bem, para o Drupal, node é uma unidade mínima de conteúdo tal como uma página, uma notícia, um comentário dentro de cada uma dessas páginas ou ainda, se você já tiver mexido com CCK ou tiver instalado algum outro módulo que permita que sejam criados nodes de diferentes tipos, um node pode ser uma pequena unidade única de informação tal como uma imagem, um vídeo, um link ou ainda um trecho de código CSS, HTML ou PHP.

Resumindo, no Drupal, node é uma unidade mínima de conteúdo.

Cada vez que inserimos um conteúdo em um sítio elaborado com Drupal, (seja ele de qualquer tipo), o sistema gera um node, e este recebe um número único e exclusivo, chamado de (Nid, ou Node ID ou número do node), que permite que cada node seja diferenciado dos demais, mesmo que eles pertençam ao mesmo tipo de conteúdo.

A um node podemos ainda realizar diferentes tarefas, dependendo das configurações de seu sistema, tais como:

  • anexar um arquivo a ele;
  • criar comentários associados a ele, além de ter todas as configurações que serão aplicadas somente ao node em questão;
  • setar o status de publicado, não publicado, destacado no alto da página ou ainda criar uma revisão;
  • criar conteúdo com suporte multi-idioma
  • se o módulo de eventos estiver instalado e ativo, é possível inserir este node em um calendário;
  • entre muitas outras coisas, dependendo dos módulos instalados e das configurações iniciais do tipo de conteúdo

Enfim, este conceito básico do Drupal serve para quase qualquer conversa sobre o sistema, já que tudo é baseado no node. Vejamos por exemplo a Comunidade oficial do Drupal, sempre que precisamos procurar algo, somos referenciados ao conteúdo através de um número, que é o número do node